Sabotadores Financeiros – Viés da Disponibilidade

Você costuma fazer associações rápidas entre as possibilidades que se apresentam à sua frente e coisas que você já viu ou viveu para que você tome suas decisões?

Olá Protagonista, estamos falando de sabotadores financeiros e hoje, vamos falar sobre um viés que influencia diretamente na tomada de decisão presente, com base em associar as oportunidades que enxergamos às experiências que já observamos ou vivemos, vamos falar sobre o viés da disponibilidade.

Pare por um momento e imagine o seguinte: Você está em casa, à noite, assistindo TV, mais especificamente, documentários sobre ataques de tubarão à pessoas. No dia seguinte, você vai à praia. Será que você entraria no mar?

Se você é como a maioria, muito possivelmente teria uma grande dificuldade em entrar no mar por causa da experiência que você teve no dia anterior após assistir a muitas histórias de pessoas que foram atacadas por tubarão, mesmo a probabilidade de que isso ocorra seja remota.

O viés da disponibilidade faz com que você crie associações de tudo o que você vê, sente, ouve, respira ou ingere, com experiências que você já passou ou presenciou e que foram armazenadas em sua mente. Algumas experiências são mais fáceis de  recordar do que outras.

E, essas associações, tendem a ser bem mais para o lado negativo do que o lado positivo. Isso porque, segundo pesquisas recentes, no campo da neurociência, por uma questão de sobrevivência, nossa mente tem maior propensão a registrar e guardar as potenciais ameaças do que as boas experiências. Segundo estudos, as experiências negativas aderem à nossa mente, como velcro, enquanto que, as experiências positivas passam pela nossa mente como se fosse água batendo em panela de teflon.

Um exemplo típico disso, trazendo para o mundo das finanças foi a crise imobiliária americana de 2008, que foi um enorme desastre com queda de 34% do índice Dow Jones, o que afetou todos os mercados do planeta. O Bovespa fechou amargando uma perda de 41,22%. Porém, poucas pessoas se deram conta de que o Bovespa teve alta de 83% em 2009, ano consecutivo.

Alguns acharam 2009 ruim ou péssimo e buscaram opções de investimentos seguras por conta de suas perdas recentes.

Você consegue entender como os sentimentos que você tem em relação ao que acontece, ou que, você acha que acontece, tem impacto direto nas suas decisões futuras?

E isso ocorre de maneira inconsciente e você acredita que está utilizando a lógica, mas, não se engane, é somente o medo falando através de seus comportamentos.

Nossa mente é incrível, mas a função básica dela é a de sobrevivência, então, para te manter em segurança, muitas vezes ela vai criar algumas ilusões que, se você não estiver prestando atenção, você corre um sério risco de não conseguir alcançar os resultados financeiros, em sua carreira, em sua vida pessoal e nas outras áreas. Eu sei que não é isso o que você quer.

Como mudar isso, para ter mais e melhores resultados?

Entenda que quando eu associo uma oportunidade que se apresenta a algo que aconteceu antes, seja comigo ou que eu presenciei acontecer com outra pessoa, eu estou presumindo que o que se apresentou vai ser igual ao que presenciei.

As coisas não são iguais e você deve buscar suspender o julgamento para que você analise todas as situações de maneira mais lógica, com base em dados e históricos, não somente em sua vivência. No treinamento Mente Protagonista eu tenho aulas especificamente para essas situações e meus alunos dão saltos de assertividade e melhoria de resultados após entenderem e aplicarem as sacadas e exercícios do treinamento.

Para ter melhores resultados, você precisa mudar o seu condicionamento mental de simples sobrevivência, para o modo crescimento e isso requer que você se esforce.

Como eu posso me esforçar de maneira assertiva?

Todas as vezes que algo se apresentar, vá além do seu julgamento. Procure dados e formas diferentes de encarar aquela situação. Converse com pessoas que pensam diferente de você e entenda como novas perspectivas podem se encaixar na nova situação.

À medida em que você exercitar este perfil de comportamento, as coisas começam a se tornarem mais dinâmicas e resultados diferente e muito mais criativos começam a aparecer, te trazendo segurança, resultados financeiros e nas demais esferas que você vier a buscar.

Antes de julgar algo ruim com base em sua experiência anterior, procure informações novas e atualizadas. Existe um jargão em investimentos que diz: Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Eu te digo que isso serve para os dois lados. Então, pare de presumir e associar as situações e comece a buscar o novo dentro de cada uma delas.

Isso faz sentido para você? Então, pense à respeito, mude a sua postura e viva a vida que você merece. Gostou deste artigo? Então compartilhe com os seus amigos, pelos grupos de whatsApp, para que eles possam ter também acesso a este conteúdo e possam aplicar as sacadas em suas vidas.

A sua presença aqui é muito importante para mim, por isso, inscreva-se agora. Um grande abraço e nos vemos no próximo artigo.

Este site utiliza Cookies para melhorar a sua experiência. Ao clicar em aceitar você concorda com os termos de uso e políticas de privacidade.